O #like está com os dias contados?

Atualizado: 20 de abr. de 2019

Qual o poder de um like?


Para uma marca, ele pode representar o interesse do público ou uma prova social.


Para o usuário, que está vendendo apenas a sua "imagem", o like é aprovação social, amizades digitais, influência e tudo mais ligado ao que os outros estão pensando de você.


A curtida não é um grande problema quando sua existência é numerosa, mas sim, quando a falta dela assombra as suas publicações.


Tem-se então, uma sociedade doente por causa das redes, sedenta por aprovação social e frustada com seus números. Depressão, ansiedade e preocupação com sua imagem, mostram um lado não saudável das redes sociais e o impacto de seu poder.


Em frente a isso, o Instagram iniciou um teste interno em que os números de likes de uma publicação não aparecem aos usuários, apenas para quem publicou.



De acordo com o print publicado no Twitter por Jane Manchun Wong, o Instagram mostrará apenas alguns nomes e a palavra "outros".


O propósito deste teste é direcionar o foco ao conteúdo e não apenas no tipo de publicação que terá mais curtidas. Dessa forma, a rede social teria uma usabilidade mais "gentil" e evitaria problemas de saúde mental.


Ou seja, aquele medo de postar uma foto que você gostou e não ter o número de curtidas o suficiente, acabaria. Assim como, o possível fim da loucura que muitos usuários fazem em busca da selfie que irá bombar.


Mas qual o impacto dessa mudança para as marcas?


Sobre o algorítimo, a princípio, nada mudaria. Posts com mais engajamento ainda serão mais bem posicionados e a mensuração será possível, pois as métricas serão visíveis normalmente.


A não visualização dos likes, é um ponto muito positivo para pequenas marcas que estão inciando no social media e não possuem prova social.


Já para as grandes marcas, mas que não oferecem conteúdo de valor, pode gerar um impacto negativo. Isso porque, muitas vezes, o usuário curte apenas pelo “efeito manada”, em que você apenas faz o que todos estão fazendo. Sem os números, você terá que decidir por si próprio se realmente gosta ou não daquela publicação.


Os influenciadores digitais podem ser os que mais se sentirão afetados, mas, na verdade, nada vai mudar realmente.


O que conta mesmo na hora de uma marca contratá-los é o engajamento de valor que o influenciador possui e o seu poder de influência. O número de likes nunca provou e nunca provará realmente o seu alcance, principalmente porque sabemos que nessa área, tem muita compra dos mesmos.


Por fim, tal teste é visto com bons olhos e mesmo que realmente nunca seja implantado na rede social (o que seria uma pena) é bacana observar que o Instagram está mostrando algum tipo de preocupação (tendo interesses por trás ou não) na saúde mental do usuário e nos impactos de ser uma das maiores redes sociais do mundo.


Comente aqui qual a sua opinião sobre os likes e o teste!


Fonte: Fast Company

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo